Planeta Cativante

Orçamento de viagem: Quanto levar para um mochilão em Cuba (Havana)

Havana, em Cuba, é um dos destinos internacionais mais interessantes que se pode conhecer gastando pouco. Meus 10 dias como turista, no começo de 2016, custaram pouco mais do que 4 mil reais e acreditem: vale cada centavo! Se você também está pensando em se aventurar pela terra de Fidel sem gastar muito, aqui vão algumas dicas e um resumo do meu orçamento de viagem: Quanto levar para um mochilão em Cuba.

Moeda

Bom, primeiro é preciso saber que existem duas moedas em circulação em Cuba: o Peso Cubano (CUP) e o Peso Conversível (CUC). Basicamente, o primeiro é utilizado pelos locais e o segundo pelos turistas. A proporção é de 25 CUP para 1 CUC, sendo que esse último equivale a 1 USD.

A maioria dos serviços são cobrado em CUC, mas você encontrará alguns comércios locais que aceitam o CUP, nesse caso, aproveite!

Pouquíssimos estabelecimentos aceitam cartão e, embora seja possível encontrar alguns ATM, não é bom contar só com eles.

Leve seu dinheiro em Euros (o Dólar possui uma taxa extra de conversão) e troque por CUC no aeroporto de Havana.

 

Hospedagem

Hospedar estrangeiros gratuitamente é ilegal em Cuba, ou seja, nada de couchsurfing. Porém, é possível ficar na casa de um local por preços bem acessíveis ou ainda optar por um hostel baratinho. A diária em quarto compartilhado num hostel, no centro de Havana, saiu em média por 10 CUC.

 



Booking.com

 

Transporte

Como fiquei no centro da cidade, visitei a maioria dos pontos turísticos andando. Mas, além do transporte público, você também pode usar táxi.

O aeroporto é bem longe do centro e, por isso, o translado não é nada barato. Acertei diretamente com o hostel e saiu 25 CUC por trajeto.

 

Alimentação

Os valores podem variar bastante. Em um lugar mais turístico, a refeição completa (incluindo lagosta, camarão e mojitos) custa uns 20 CUC. Porém, uma refeição básica e gostosa (incluindo uma cerveja local), num lugar mais simples fica em torno de 5 CUC. Fora isso, existem opções de comidas de rua e estabelecimentos mais modestos que aceitam CUP.

 

Lazer

Em praticamente todos os bares você vai encontrar mojitos e música ao vivo. Não há couvert, os músicos “passam o chapéu” e você contribui com o que pode. Museus e atrações turísticas têm preços diferenciados para turistas, mas ainda assim, as entradas não passam de 5 CUC.

 

Internet

Se você não vive sem internet, trago más notícias. Além do acesso ser bastante restrito, o preço é bem salgado, algo em torno de 2 CUC por hora. O jeito é desapegar, usar o mínimo possível e aproveitar a vida offline.

 

Compras

Os clássicos charutos cubanos e mais algumas garrafas de rum podem encarecer um pouco o seu orçamento, mas quem resiste, não é mesmo? 🙂

 

Previsão de Orçamento

Natiele Cunha

Natiele Cunha

DreamHost

Acompanhe o Planeta Cativante

Acompanhe o Planeta Cativante pelas redes sociais.