Planeta Cativante
Paris – Musée du Louvre

Paris – Musée du Louvre

O sono estava bom, mas já era hora. O alarme já gritava e foi só uma leve abertura do olho esquerdo que me fez desistir de levantar. Estava cedo. E chovendo. Dormi de novo.

Acordei 1 hora depois com o desespero de quem perdia o trem. O tempo passa e precisamos aproveitar cada minuto. Corri, tomei banho, me troquei e saímos.

Hoje fomos no Museu do Louvre. O tempo estava muito ruim e nada melhor do que visitar um museu. Saímos de casa e fomos tomar café da manhã na padaria da esquina do metro. Menos de 20 min depois estávamos no Museu do Louvre. Hoje o Paris Museum Pass ajudou bastante, já que tínhamos entrada privilegiada e fomos direto pra revista, e depois não precisávamos pegar outra fila pra comprar ingresso. Pelo menos 1 hora de fila a menos na vida!

Não tenho muito o que falar do Louvre. Ele é muito grande e pra quem quer ir visitar tudo em 1 dia, precisa chegar cedo e vai andar bastante. Pegamos um dia com muita excursão infantil, turística e idosa. Ou seja, tinha gente pra caramba.

Chegando com a vontade de visitar tudo, saímos com a vontade de não andar mais 1 passo. Não visitamos a metade. Fizemos o máximo que deu. Conseguimos visitar Egito, Grécia e Roma antiga e pinturas italianas. Quando estávamos em história antiga, Mesopotâmia e Oriente antigo o museu fechou. Tivemos que ir embora e como chovia, fomos até a Apple Store do Louvre. Aproveitamos para descansar e usar a internet.

Como já era tarde e ainda chovia resolvemos passar no supermercado e ir pra casa.

No jantar a Luana fez Quiche com salada, tomamos vinho, comemos queijo e ficamos batendo papo.

Fim do dia.

20130531-005930.jpg

20130531-005940.jpg

20130531-005951.jpg

20130531-010001.jpg

20130531-010011.jpg

20130531-010027.jpg

20130531-010053.jpg

Kadu Szili

Kadu Szili

Publicitário, escritor, compositor e viajante. Ama design, cinema, fotografia e tecnologia. Sonha em dar a volta ao mundo de balão. Mas se não for de balão, pode ser de veleiro, de bicicleta ou a pé. O importante é estar em constante movimento. "Uma mente que viaja, jamais volta ao seu estado original".

Acompanhe o Planeta Cativante

Acompanhe o Planeta Cativante pelas redes sociais.